TODOS VENCEM NO AMISTOSO FESTIVO ENTRE OS AMIGOS DE TIZIU X AMIGOS DE ZÓIO!

Pose especial pra Talentos na Bola dos Amigos de Tiziu e Zóio, no último sábado, no Capão Raso. Foi o último jogo de 2017. Após o Carnaval o clube de Mocelim troca o gramado, retornando com um Atletiba.

No último jogo de 2017 no gramado do Estádio José Carlos de Oliveira Sobrinho, do Capão Raso, houve empate de 2×2 entre as equipes Amigos do Tiziu x Amigos do Zóio, dois dos grandes ícones do Tricolor de Aço, um dos orgulhos de nosso futebol amador.

O resultado foi o que menos importou no amistoso festivo e todos saíram satisfeitos após 90 minutos de bola rolando.

Os gols foram de Cacho (Amigos de Tiziu) e Álvaro (Amigos de Zóio) no 1.º tempo. Completaram o placar Testão (Amigos de Zóio) e Fuscão (Amigos de Tiziu), este, de pênalti sofrido por ele mesmo, em falta recebida de Ticão.

Arbitragem perfeita da dupla Léo Furman e Kiko Sobrinho, que atuaram, cada um, numa metade de campo.

Após a “guerra”, todos foram pro salão de festas, onde saborearam um delicioso churrasco de confraternização, entre atletas, dirigentes, torcedores e convidados especiais do clube.

Amigos do Tiziu: Marião; Cleber, Paranista, Marcelo Cappel (Éverton) e Marquinhos; Tiziu, Maia, Ricardinho e Darlan; Álvaro e Fuscão. Depois entraram: Ernani; Valdir, Taçula, Miguel, Mauri, Neri, Rodrigo e Zé. Técnico: Dirceu dos Santos.

Amigos do Zóio: Índio; Laguninha (Leandro), Kaká, Fofão e Rodrigo; Du, Cacho, Regi e Tatinha (Testão); Eurico e Herman. Depois entraram: Magrão, Piá Feio, Ticão, Leandro e Marcelo. Técnico: Édson Camilo Dantas. Auxs.: Cabeça e Galo.

Grama nova – Para a reabertura do Estádio José Carlos de Oliveira Sobrinho, após o Carnaval, está marcado um Atletiba festivo, que deverá mexer com as estruturas do Tricolor de Aço. Na oportunidade será inaugurada a nova grama a ser instalada naquele belo espaço.

Desde já, o presidente Juarez Mocelim, convida e espera contar com todos os simpatizantes do clube do populoso bairro.

Dirceu dos Santos, esta lenda viva de nosso futebol amador, mais conhecido como Tiziu reuniu alguns amigos no último sábado no Capão Raso.
Edson Camilo Dantas, o Zóio e seus amigos agitaram o Capão Raso numa grande confraternização no Tricolor de Aço.
Tiziu, o grande camisa 5 que o Capão Raso teve em suas fileiras, deu uma pequena mostra (de graça) pelo que já fez em prol do Tricolor de Aço.
Enquanto isso, Edson Camilo Dantas, o Zóio (de regata), ícone no Capão, comandava sua equipe do banco de reservas.
Parte do banco dos Amigos do Tiziu.
Laguninha e Zezão (técnico dos 50Tinhas do Capão) ladeando a dupla de zaga Fofão e Kaká, pai e filho, (este atleta do Red Bull Brasil – SP), dos Amigos do Zóio.
Marião, goleiro bicampeão pelo Capão Raso, quase setentão, foi exigido e mostrou sua capacidade em vários lances do amistoso.
Ao final, todos se confraternizaram à beira da churrasqueira, mas antes uma pose no gramado que deverá ser trocado após o Carnaval e volta  com Atletiba.

Leia Mais

JANTAR DE PREMIAÇÃO E CONFRATERNIZAÇÃO DOS CINQUENTINHAS

Dirigentes na reunião de quinta-feira, na sede da APE.

Festa dos Cinquentinhas é uma realidade! Foram retirados nesta última quinta-feira, boa parte dos convites para o Jantar de Premiação e Confraternização dos participantes dos vários campeonatos da APE – Associação Paranaense do Esporte, a se realizar dia 7 de dezembro de 2017.

Na ocasião, os comandantes das equipes apresentaram seus destaques, bem como a retirada de convites para o evento. Quem não o fez, poderá fazê-lo nos próximos dias.

A festa dos cinquentinhas será no dia 7 de dezembro, uma quinta-feira, a partir das 19h30, no Salão de Eventos Roma, na Colônia Zacarias, em São José dos Pinhais, um belo local com amplo estacionamento e de fácil acesso, com todas as indicações no convite.

Haverá entrega de premiação e homenagens aos artilheiros, goleiros menos vazados, técnicos e presidentes das equipes campeãs, bem como aos atletas destaque de cada equipe e outros destaques.

Um dos homenageados será Cuca, atleta do Flamengo, maior destaque da competição.

Leonides Dreveck, o comandante da APE, agradeceu a presença de todos e debateu assuntos de suma importância relativos aos campeonatos do ano que vem, como o Seguro de Vida dos Atletas.

Dreveck pediu agilidade aos dirigentes que ainda não informaram os seus destaques para fazê-lo em breve. Quinta-feira, 30/11 é o prazo limite para a retirada dos convites e informar os destaques.

A apresentação dos homenageados será de Paulo César Tiemann, com sorteio de brindes, etc.; as fotografias a cargo de Kiu Aureliano e o cardápio de qualidade, terá:

Pratos Quentes: Arroz natural.

Massas: Lazanha ao molho branco, Espaguete ao alho e óleo, Torta de Palmito.

Guarnições: Batata palha, Queijo ralado.

Carnes: Escalope de Alcatra ao molho madeira, Coxa de frango ao forno, Strogonoff de frango.

Saladas: Maionese, Mix de verdes e legumes.

Contatos: Jorginho: 9 9111-8491, Dib 9 9975-2340, Dirceu 9 9965-0793, Bertotti 9 8405-6211.

Leia Mais

CINQUENTINHA: VASCO X GERA, 90 MINUTOS DE LUTA SEM VENCEDOR PELO INTEGRAÇÃO

Vasco da Gama tentou de todas as formas, lutou bastante, mas não conseguiu sair do zero.

No primeiro jogo das Semifinais pela Copa Integração do Campeonato Cinquentinha, Vasco da Gama x GERA correram 90 minutos, sem contudo chegar ao gol. Apesar da entrega, ninguém marcou, num resultado que acabou sendo justo para as duas equipes.

Boa a arbitragem de Murilo Dias Santos, bem auxiliado por Tedy Camilo e Danilo Cravaini. Na mesa, a firme e competente Ana Paula Nogueira Oslicki.

Vasco da Gama: Tião; Mauro (Cezinha), Marcão (a), Mozart e Iti (Nenê) (a); Osires (c) (a), Carlinhos Barrabás (Vanderlan) e Nezão; Lima (a), Édson e Totó (Clóvis). Mais: Édison Moraes e Areia. Técnico: Jurandir Senna. Mas.: Macalé.

GERA: Cláudio Bene; Toninho (a), Alemão, Sérgio (a) e Jair; Vilson Arraes, Cláudio, Baiano (Joran) e Luiz; Laercinho e Chimarru. Mais: José Júlio, Neizinho, Beto, Cido e Donizetti. Técnico: Tadeu. Mas.: Luiz Carlos de Oliveira. PF: Padilha.

Na outra partida da fase, o Real Clube de Pinhais fez 2×0 no Santíssima Trindade B, mesmo jogando fora de casa.

Agora GERA x Vasco decidem a vaga na final amanhã, no campo do GERA. Quem vencer leva! Se empatarem de novo, a decisão vai para os pênaltis, logo em seguida.

Na outra partida, o Real Pinhais joga pelo empate pra disputar a final da Copa Integração. Ao Trindade B resta vencer no tempo normal e levar a decisão para as penalidades.

As duas decisões serão sábado, às 10h:

GERA x Vasco, no campo do GERA.

Real x Santíssima Trindade B, no campo do Real, em Pinhais.

OUTROS RESULTADOS

Série B – Semifinais – Jogos de Ida

Colombo 7×1 Urano

São Gabriel 1×3 Sergipe

Jogos de Volta – 18/11 – 10h

Urano x Colombo (no Urano)

Sergipe x São Gabriel (no Ganchinho)

COPA INTEGRAÇÃO SESSENTINHAS

Semifinal – Jogo de Volta

Nova Orleans 5×0 Bamerindus

(Ida: Bamerindus 3×2 Nova Orleans)

Classificado o Bamerindus.

Na outra partida da fase: Jogo de Ida: Ipiranga 2×2 Tanguá.

Jogo da Volta: 19/11, 9h30, no Tanguá.

Tanguá joga pelo empate pra ser finalista. Ao Ipiranga resta a vitória pra ir à final.

GERA, correu bastante, e no final conseguiu bom resultado. Agora decide a vaga em casa.
Carlinhos B
Trio de arbitragem e os capitães Carlinhos Barrabás (Vasco) e Alemão (GERA).
Tadeu, comandante do GERA e a competente delegada Ana Paula.
Jurandir Senna, o Jura, jogou junto com o time, fez substituições, mas não mexeu no placar.
Tião, goleiro do Vasco não deixou sua meta ser vazada, saiu com nota alta.
Cláudio Bene, garantiu o zero no placar, ajudando no bom resultado fora de casa.

Leia Mais

BOTAFOGO VIRA BICAMPEÃO DO CINQUENTINHA!

Botafogo, de São José dos Pinhais, escreveu seu nome na história da mais famosa competição da modalidade no Brasil. (Foto: Jorge Luiz da Silva).

Com dois gols de Jefferson Kramer, o Botafogo venceu de virada o famoso Capão Raso, por 2×1, sábado, no Estádio José Carlos de Oliveira Sobrinho, completamente lotado, conquistando o bicampeonato da Série A, da APE – Associação Paranaense do Esporte. O time de São José dos Pinhais já tinha dado a volta olímpica em 2014, em decisão contra o mesmo Capão Raso.

O jogo – O Botafogo entrou sem o craque Carlos Alberto Dias, enquanto o Capão Raso apresentava o goleiro Ricardo Pinto, ex-Furacão, em sua meta. E neste embalo, o time da casa abriu logo o placar com o craque Adoilson.

1×0 – Figueiredo recebeu de escanteio e pôs na área, onde Ronaldo Lobisomem cabeceou acertando a trave. Adoilson pegou o rebote e marcou, atirando cruzado pro fundo das redes do Botafogo. Gol comemorado com alegria geral, deixando o Botafogo bastante complicado.

1×1 – Aos 17′, Jefferson Kramer empatou num tiro do meio da rua, como se fosse cruzar da esquerda, acertando a gaveta do goleirão Ricardo Pinto, que nem com par de asas defenderia. Um golaço!

O gol trouxe a equipe visitante de volta pro jogo, e na base da vontade, aos 27′, marcou gol irregular, que a assistente Andrea Mayork, bem colocada, assinalou, apesar das reclamações botafoguenses.

Pressão – Na etapa final, o Botafogo retornou com tudo! Pressionou o Capão em sua metade de campo, e dessa pressão, aos 7′, o zagueiro Leonardo atrasou fraco pra Ricardo Pinto. Jefferson Kramer apareceu no caminho e se antecipou, tirando do goleiro antes de bater pro gol vazio. Era o gol da virada, efusivamente comemorada pelos visitantes.

Pênalti – Aos 17′, Migalha deu um carrinho imprudente e faltoso em Laguna. Dentro da área é pênalti e o ótimo árbitro Bruno Rocha, assinalou corretamente e amarelou Migalha.

Na meta, Edimar ficou no meio e “catou” a cobrança de Ezequiel, justamente o artilheiro do certame. A bola foi à meia-altura quase no meio do gol, para fácil defesa.

Aos 25′, o Capão marcou, mas como o Botafogo, o lance foi anulado corretamente.

Aos 26′, Figueiredo cabeceou por cima da meta após belo cruzamento de Ronaldo, com o gol vazio, desperdiçando a segunda maior chance pra empatar.

Apesar da pressão da casa, o Botafogo segurou o resultado até o apito final, pra levar pra sua cidade um dos mais belos canecos, na melhor competição da modalidade no país do futebol.

Capão Raso: Ricardo Pinto; Marino (Leandro), Loemir (Zeca), Leonardo e Laguna (a); Figueiredo (a), João Caverna (Saulo) e Ronay (c); Ronaldo Lobisomem, Ezequiel (a) (PC Jatobá) e Adoilson. Mais: João Edilson; Mocelin, Róberson, Gerson, Nei, Paulinho, Rildo e Vermelho. Técnico: Zezão. Aux.: Amilton Freire. Mas.: Jecé.

Botafogo: Edimar; Paulinho, Migalha (a), Celinho (c) e Ademir; Irlan, Cabelinho (a), Vilmar e Juninho (Néia); Clóvis (Ádio) e Jefferson Kramer. Mais: Pedralli, Willian (exp.), Goiaba, Índio, Gilson, Joãozinho, Flávio, e Wellington. Maeco, Da Gama, Dias e Marco Aurélio (ausentes). Técnico: Diógenes. Aux.: Gil. Mas.: Chula.

Premiação – Logo após a grande decisão, Leonides Dreveck e sua Diretoria da APE, fez a entrega da premiação:

Troféu Disciplina: Santíssima Trindade, entregue por Caxias, ao dirigente Adilsinho.

2.º Artilheiro: Mário Luiz, do Bairro Alto (20 gols). Silvinho, do Vila Hauer fez a entrega.

Artilheiro: Ezequiel, do Capão Raso, com 30 gols. Troféu entregue por Tião Calado, homem da comunicação e comandante do Araucária.

Goleiro Menos Vazado: Edimar, do Botafogo. Troféu entregue por Adilsinho, do Santíssima Trindade.

Destaque do Ano: Willian, do Botafogo. Troféu entregue por Jorge Dib, diretor da APE.

Vice-campeão: Capão Raso, Troféu entregue pelos diretores da APE: Eli Suldovski, Toninho Silva, José “Jandaia” Navarro Peres e Jorge Dib, ao comandante Mocelin, do Capão.

Campeão: Botafogo, Troféu entregue por Leonides Dreveck e Diretores da APE ao capitão do Bota, Celinho com seu neto a tiracolo e Néia, um dos atletas e comandante da equipe.

Depois rolou a festa dos campeões que começou em Curitiba e chegou a São José dos Pinhais, se estendendo noite adentro.

Parabéns a todos os participantes do certame!

SÉRIE B

Jogos das Oitavas de Final – Ida e Volta:

Colombo 1×0 Vila Fanny e Vila Fanny 4×0 Colombo. Pênaltis: Vila Fanny 5×6 Colombo.

Capão Raso/Cadilac 0x1 Sergipe e Sergipe 3×2 Capão Raso/Cadilac.

Fortaleza 0x2 Urano e Urano 3×4 Fortaleza. Pênaltis: Urano 3×1 Fortaleza.

Panelão 0x2 São Gabriel e São Gabriel 2×0 Panelão.

Subiram – Com os resultados, sobem pra Série A no ano que vem: Colombo, Sergipe, Urano e São Gabriel.

Semifinais – Jogos de Ida, Quarta-feira, dia 15/11:

Colombo x Urano

São Gabriel x Sergipe

FESTA E CONFRATERNIZAÇÃO DOS CINQUENTINHAS

No dia 7 de dezembro será realizada a Festa de Confraternização e Premiação dos Cinquentinhas 2017, com excelente jantar* no Salão de Eventos Roma, na Colônia Zacarias, em São José dos Pinhais.

A apresentação caberá ao Mestre de Cerimônias Paulo Cesar Tiemann, onde o maior destaque de cada equipe será homenageado com Troféu da APE, indicados por cada responsável por equipe, além dos presidentes campeões, técnicos campeões, artilheiros, goleiros menos vazados e outros destaques da competição, como árbitros, assistentes, personalidades marcantes no mundo da bola e imprensa, numa noitada que promete ser inesquecível.

Contatos com Leonides Dreveck, Jorge Dib, Dirceu Maschio, Rudimar Bertotti, Eli Suldovski, Jandaia e Toninho Silva.

Convites, Reservas e mais detalhes para o evento pelo 99111-8491 com Jorginho. Valor: R$ 50 (Individual). Até o dia 18/11.

* Cardápio:

Pratos Quentes: Arroz natural.

Massas: Lazanha ao molho branco, Espaguete ao alho e óleo, Torta de Palmito.

Guarnições: Batata palha, Queijo ralado.

Carnes: Escalope de Alcatra ao molho madeira, Coxa de frango ao forno, Strogonoff de frango.

Saladas: Maionese, Mix de verdes e legumes.

Capão Raso fez ótima campanha, porém, deixou escapar, em casa, ótima oportunidade pra ganhar o hexa do Cinquentinha.
Marino, Ronaldo Lobisomem e Adoilson comemoram o gol deste, logo no início da decisão.
Jefferson Kramer fez os dois gols do Botafogo, se tornando o herói da conquista. Aqui, abraçado por Willian, um dos responsáveis pela equipe.
Fila dos atletas na corrida da alegria pra abraçar o camisa 11. Era o segundo gol dele e do time. Gols que deram o título pro Botafogo…
Quando o alcançaram fizeram-lhe uma blitz da alegria pelo singular momento.
Edimar, em manhã inspirada se concentrou pra catar a cobrança de pênalti. Era a bola do jogo pro Capão Raso…
… Ezequiel, justamente o artilheiro do certame, com 30 gols acabou desperdiçando. Coisas do futebol…
A torcida lotou o José Carlos de Oliveira Sobrinho, num dos maiores públicos registrados no futebol amador.
Lotando todas as dependências do estádio…
… E até em lugares bastante discutíveis pra assistir a superdecisão.
Antes da premiação os comandantes das equipes enalteceram o evento e agradeceram a presença maciça da torcida, seus atletas e todos os participantes.
Adilsinho, do Santíssima Trindade, foi o primeiro a ser chamado pelos dirigentes da APE: levou o Troféu de Disciplina, entregue pelo ex-Colorado, Caxias.
Silvinho, do Vila Hauer entregou o Troféu de 2.º Artilheiro a Mário Luiz (esq.), do Bairro Alto, que fez 20 gols.
Depois, foi a vez de Tião Calado passar o Troféu de Artilheiro Máximo do Cinquentinha, para Ezequiel, do Capão Raso (30 gols).
Em seguida, o goleiro Edimar (e sua família), do Botafogo recebeu o Troféu de Menos Vazado, das mãos de Adilsinho.
Willian, do Botafogo foi escolhido como Dirigente Destaque do certame. Ei-lo com seu filho (direita) e diretores da APE.
Mocelin, o grande comandante do Capão Raso, recebeu o belo Troféu de Vice-campeão das mãos dos Dirigentes da APE.
Auge da premiação: Caneco de Campeão entregue ao Botafogo.
Receberam o principal Troféu, o capitão Celinho e seu netinho, com Néia, grande dirigente e atleta do Botafogo.
Que levantaram nas alturas o lindo caneco de campeão, elevando também o nome da cidade de São José dos Pinhais. Parabéns!

Leia Mais