BOTAFOGO VIRA BICAMPEÃO DO CINQUENTINHA!

Botafogo, de São José dos Pinhais, escreveu seu nome na história da mais famosa competição da modalidade no Brasil. (Foto: Jorge Luiz da Silva).

Com dois gols de Jefferson Kramer, o Botafogo venceu de virada o famoso Capão Raso, por 2×1, sábado, no Estádio José Carlos de Oliveira Sobrinho, completamente lotado, conquistando o bicampeonato da Série A, da APE – Associação Paranaense do Esporte. O time de São José dos Pinhais já tinha dado a volta olímpica em 2014, em decisão contra o mesmo Capão Raso.

O jogo – O Botafogo entrou sem o craque Carlos Alberto Dias, enquanto o Capão Raso apresentava o goleiro Ricardo Pinto, ex-Furacão, em sua meta. E neste embalo, o time da casa abriu logo o placar com o craque Adoilson.

1×0 – Figueiredo recebeu de escanteio e pôs na área, onde Ronaldo Lobisomem cabeceou acertando a trave. Adoilson pegou o rebote e marcou, atirando cruzado pro fundo das redes do Botafogo. Gol comemorado com alegria geral, deixando o Botafogo bastante complicado.

1×1 – Aos 17′, Jefferson Kramer empatou num tiro do meio da rua, como se fosse cruzar da esquerda, acertando a gaveta do goleirão Ricardo Pinto, que nem com par de asas defenderia. Um golaço!

O gol trouxe a equipe visitante de volta pro jogo, e na base da vontade, aos 27′, marcou gol irregular, que a assistente Andrea Mayork, bem colocada, assinalou, apesar das reclamações botafoguenses.

Pressão – Na etapa final, o Botafogo retornou com tudo! Pressionou o Capão em sua metade de campo, e dessa pressão, aos 7′, o zagueiro Leonardo atrasou fraco pra Ricardo Pinto. Jefferson Kramer apareceu no caminho e se antecipou, tirando do goleiro antes de bater pro gol vazio. Era o gol da virada, efusivamente comemorada pelos visitantes.

Pênalti – Aos 17′, Migalha deu um carrinho imprudente e faltoso em Laguna. Dentro da área é pênalti e o ótimo árbitro Bruno Rocha, assinalou corretamente e amarelou Migalha.

Na meta, Edimar ficou no meio e “catou” a cobrança de Ezequiel, justamente o artilheiro do certame. A bola foi à meia-altura quase no meio do gol, para fácil defesa.

Aos 25′, o Capão marcou, mas como o Botafogo, o lance foi anulado corretamente.

Aos 26′, Figueiredo cabeceou por cima da meta após belo cruzamento de Ronaldo, com o gol vazio, desperdiçando a segunda maior chance pra empatar.

Apesar da pressão da casa, o Botafogo segurou o resultado até o apito final, pra levar pra sua cidade um dos mais belos canecos, na melhor competição da modalidade no país do futebol.

Capão Raso: Ricardo Pinto; Marino (Leandro), Loemir (Zeca), Leonardo e Laguna (a); Figueiredo (a), João Caverna (Saulo) e Ronay (c); Ronaldo Lobisomem, Ezequiel (a) (PC Jatobá) e Adoilson. Mais: João Edilson; Mocelin, Róberson, Gerson, Nei, Paulinho, Rildo e Vermelho. Técnico: Zezão. Aux.: Amilton Freire. Mas.: Jecé.

Botafogo: Edimar; Paulinho, Migalha (a), Celinho (c) e Ademir; Irlan, Cabelinho (a), Vilmar e Juninho (Néia); Clóvis (Ádio) e Jefferson Kramer. Mais: Pedralli, Willian (exp.), Goiaba, Índio, Gilson, Joãozinho, Flávio, e Wellington. Maeco, Da Gama, Dias e Marco Aurélio (ausentes). Técnico: Diógenes. Aux.: Gil. Mas.: Chula.

Premiação – Logo após a grande decisão, Leonides Dreveck e sua Diretoria da APE, fez a entrega da premiação:

Troféu Disciplina: Santíssima Trindade, entregue por Caxias, ao dirigente Adilsinho.

2.º Artilheiro: Mário Luiz, do Bairro Alto (20 gols). Silvinho, do Vila Hauer fez a entrega.

Artilheiro: Ezequiel, do Capão Raso, com 30 gols. Troféu entregue por Tião Calado, homem da comunicação e comandante do Araucária.

Goleiro Menos Vazado: Edimar, do Botafogo. Troféu entregue por Adilsinho, do Santíssima Trindade.

Destaque do Ano: Willian, do Botafogo. Troféu entregue por Jorge Dib, diretor da APE.

Vice-campeão: Capão Raso, Troféu entregue pelos diretores da APE: Eli Suldovski, Toninho Silva, José “Jandaia” Navarro Peres e Jorge Dib, ao comandante Mocelin, do Capão.

Campeão: Botafogo, Troféu entregue por Leonides Dreveck e Diretores da APE ao capitão do Bota, Celinho com seu neto a tiracolo e Néia, um dos atletas e comandante da equipe.

Depois rolou a festa dos campeões que começou em Curitiba e chegou a São José dos Pinhais, se estendendo noite adentro.

Parabéns a todos os participantes do certame!

SÉRIE B

Jogos das Oitavas de Final – Ida e Volta:

Colombo 1×0 Vila Fanny e Vila Fanny 4×0 Colombo. Pênaltis: Vila Fanny 5×6 Colombo.

Capão Raso/Cadilac 0x1 Sergipe e Sergipe 3×2 Capão Raso/Cadilac.

Fortaleza 0x2 Urano e Urano 3×4 Fortaleza. Pênaltis: Urano 3×1 Fortaleza.

Panelão 0x2 São Gabriel e São Gabriel 2×0 Panelão.

Subiram – Com os resultados, sobem pra Série A no ano que vem: Colombo, Sergipe, Urano e São Gabriel.

Semifinais – Jogos de Ida, Quarta-feira, dia 15/11:

Colombo x Urano

São Gabriel x Sergipe

FESTA E CONFRATERNIZAÇÃO DOS CINQUENTINHAS

No dia 7 de dezembro será realizada a Festa de Confraternização e Premiação dos Cinquentinhas 2017, com excelente jantar* no Salão de Eventos Roma, na Colônia Zacarias, em São José dos Pinhais.

A apresentação caberá ao Mestre de Cerimônias Paulo Cesar Tiemann, onde o maior destaque de cada equipe será homenageado com Troféu da APE, indicados por cada responsável por equipe, além dos presidentes campeões, técnicos campeões, artilheiros, goleiros menos vazados e outros destaques da competição, como árbitros, assistentes, personalidades marcantes no mundo da bola e imprensa, numa noitada que promete ser inesquecível.

Contatos com Leonides Dreveck, Jorge Dib, Dirceu Maschio, Rudimar Bertotti, Eli Suldovski, Jandaia e Toninho Silva.

Convites, Reservas e mais detalhes para o evento pelo 99111-8491 com Jorginho. Valor: R$ 50 (Individual). Até o dia 18/11.

* Cardápio:

Pratos Quentes: Arroz natural.

Massas: Lazanha ao molho branco, Espaguete ao alho e óleo, Torta de Palmito.

Guarnições: Batata palha, Queijo ralado.

Carnes: Escalope de Alcatra ao molho madeira, Coxa de frango ao forno, Strogonoff de frango.

Saladas: Maionese, Mix de verdes e legumes.

Capão Raso fez ótima campanha, porém, deixou escapar, em casa, ótima oportunidade pra ganhar o hexa do Cinquentinha.
Marino, Ronaldo Lobisomem e Adoilson comemoram o gol deste, logo no início da decisão.
Jefferson Kramer fez os dois gols do Botafogo, se tornando o herói da conquista. Aqui, abraçado por Willian, um dos responsáveis pela equipe.
Fila dos atletas na corrida da alegria pra abraçar o camisa 11. Era o segundo gol dele e do time. Gols que deram o título pro Botafogo…
Quando o alcançaram fizeram-lhe uma blitz da alegria pelo singular momento.
Edimar, em manhã inspirada se concentrou pra catar a cobrança de pênalti. Era a bola do jogo pro Capão Raso…
… Ezequiel, justamente o artilheiro do certame, com 30 gols acabou desperdiçando. Coisas do futebol…
A torcida lotou o José Carlos de Oliveira Sobrinho, num dos maiores públicos registrados no futebol amador.
Lotando todas as dependências do estádio…
… E até em lugares bastante discutíveis pra assistir a superdecisão.
Antes da premiação os comandantes das equipes enalteceram o evento e agradeceram a presença maciça da torcida, seus atletas e todos os participantes.
Adilsinho, do Santíssima Trindade, foi o primeiro a ser chamado pelos dirigentes da APE: levou o Troféu de Disciplina, entregue pelo ex-Colorado, Caxias.
Silvinho, do Vila Hauer entregou o Troféu de 2.º Artilheiro a Mário Luiz (esq.), do Bairro Alto, que fez 20 gols.
Depois, foi a vez de Tião Calado passar o Troféu de Artilheiro Máximo do Cinquentinha, para Ezequiel, do Capão Raso (30 gols).
Em seguida, o goleiro Edimar (e sua família), do Botafogo recebeu o Troféu de Menos Vazado, das mãos de Adilsinho.
Willian, do Botafogo foi escolhido como Dirigente Destaque do certame. Ei-lo com seu filho (direita) e diretores da APE.
Mocelin, o grande comandante do Capão Raso, recebeu o belo Troféu de Vice-campeão das mãos dos Dirigentes da APE.
Auge da premiação: Caneco de Campeão entregue ao Botafogo.
Receberam o principal Troféu, o capitão Celinho e seu netinho, com Néia, grande dirigente e atleta do Botafogo.
Que levantaram nas alturas o lindo caneco de campeão, elevando também o nome da cidade de São José dos Pinhais. Parabéns!

Compartilhe este conteúdo!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *